Jornalista viajou a convite do Tourisme Tahiti representado no Brasil pela Atout France e seguro viagem Travel Ace (Foto: Adriana Reis)
*Por Adriana Reis –

Rangiroa – Polinésia Francesa – O avião que me leva ao atol de Rangiroa está atrasado. Conto os minutos para desembarcar num dos atóis mais famosos do mundo. Com uma programação de trabalho intensa, mal tive tempo de ver a localização do hotel Kia Ora Resort Spa. Cerca de 45 minutos depois desço no pequeno aeroporto do atol. De um lado: o mar. E do outro?  Mais mar!

Flores na chegada, como é o costume na Polinésia Francesa, e uma van me leva em menos de dez minutos ao paraíso.

(Foto: Adriana Reis)

Nada de hall de entrada tradicional. Encontro tudo aberto, sorrisos e um visual de tirar o fôlego. Na realidade, estou a cerca de 340 quilômetros da Papeete, capital da Polinésia Francesa, mas o Kia Ora é um mergulho em outra atmosfera.  Muito verde, coqueiros e aquele mar com águas transparentes com cinquenta tons de azul. Não dá para parar de fotografar.

(Foto: Adriana Reis)

Check in feito, abro o mapa para me localizar e achar o caminho da minha villa. No total, são 60 espalhadas entre coqueiros e muito verde. O hotel está localizado em uma pequena faixa de terra que não tem mais que 300 metros de extensão em pleno sul do oceano Pacífico. Inacreditável! Literalmente é mar para todos os lados. De um lado, a ‘lagoa’ com águas transparentes e calmas como uma piscina,  e de outro o mar aberto que mostra toda sua força com grandes ondas.

(Foto: Adriana Reis)

Minutos depois, abro a porta da villa de número 29 e me deparo com uma piscina particular aquecida, um quarto imenso com uma decoração alegre no estilo polinésio, flores e um bom espaço para trabalhar. Claro que me dá aquela vontade de nunca mais sair de lá.

Olho para fora e encontro uma banheira maravilhosa para um banho ao ar livre (Foto: Adriana Reis)
O hotel Kia Ora também tem bangalôs sobre as águas – overwater bungalos – mas o seu charme está mesmo nas villas com piscina e total privacidade (Foto: Adriana Reis)
Com um clima privilegiado, águas com temperatura média de 27 graus centígrados, e sol na maior parte do ano, Rangiroa tem uma infinidade de coisas para fazer (Foto: Adriana Reis)

Minha dúvida inicial é: vou ficar na villa, descansar, aproveitar a piscina,  mergulhar, curtir o spa ou nadar naquelas águas transparentes? Aqui é possível mergulhar, fazer stand up paddle, pescar, ver golfinhos, visitar fazendas de ostras, nadar ou apenas não fazer nada diante daquele mar. Aliás, aqui tem um dos principais pontos de mergulho da Polinésia: Tiputa.

(Foto: Adriana Reis)

E, se não quiser mergulhar, depois do jantar, basta olhar para as águas embaixo do restaurante e admirar um verdadeiro aquário natural com direito até a tubarões. Mas não se preocupe, não há registro de ataques por aqui… Na dúvida, evite nadar no finalzinho da tarde e à noite. Mas se topar com eles durante o mergulho, não se preocupe, faz parte do programa…

Ir para um atol faz parte do roteiro de quem vem às ilhas do Tahiti, mas confesso que quando pensava que está “perdida” no meio do oceano, num pedacinho de terra, sem ter como sair dali a não ser de avião, tinha uma sensação inquietante que logo desparecia enquanto nadava naquelas piscinas naturais de água salgada.

Termino a tarde no spa onde, logo na chegada, sou recebida com um chá e uma seleção de óleos essenciais. Sim, aqui, você escolhe o seu próprio óleo. É ou não é o paraíso?

(Foto: Adriana Reis)

À noite, depois de mergulhar, caminhar, nadar e admirar as pérolas negras fazendo massagem com óleo de manoi, típico do Tahiti, provo um dos melhores atuns marinados de minha vida no restaurante Te Rairoa.

(Foto: Adriana Reis)

Mesmo cansada, passo no Miki Miki Bar antes de ir dormir e acho que estou sonhando com aqueles peixes coloridos do mergulho, aquelas pérolas negras, aqueles cinquenta tons de azul do mar em Rangiroa, com aqueles momentos no Kia Ora.

Dicas da Dri

  • Peça para o hotel organizar a visita às fazendas de pérolas negras.
  • No próprio hotel há o espaço  e equipamentos para saídas para mergulho.
  • As villas de frente para o mar possuem jacuzzi e as que ficam nos jardins possuem piscinas particulares. Escolha na hora de fazer a reserva.

Serviço

Hotel Kia Ora Resort and Spa

Endereço: B.P.198-98775 Avatoru – Rangiroa – 98775, Polinésia Francesa
Informações e reservas: rangiroalagoon.com/en
Email: resa@hotelkiaora.pf

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here