Por do sol na chegada à St. Barth. - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis  - ©oqvpm)
Por Adriana Reis* –

St. Barth – O por do sol no mar do Caribe a gente nunca esquece. Especialmente quando este por do sol marca meu desembarque à Saint-Barthélemy ou St. Barth para os íntimos. A chegada, de ferry, a partir  da ilha Saint Martin, é a menos usual mas é também a que me proporciona o primeiro espetáculo do crepúsculo de St. Barth.

Uma taça de champanhe me aguarda na entrada do Le Guanahani. Quero descobrir por que este hotel é tão queridinho dos brasileiros. Minha primeira impressão é que a perfeita união do luxo, sofisticação, conforto e informalidade parece reinar por aqui. O caminho para minha suíte é um labirinto ladeado de jardins exuberantes cheios de bouganvilles (primaveras), hibiscos e coqueiros. Vilas alegremente coloridas com entradas discretas, quase secretas, surgem em meio à vegetação. Azul turquesa, amarelo, laranja, lilás, , enfim, uma paleta de cores caribenhas. Me sinto estranhamente em casa.

Hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Direita, esquerda, direita de novo, sigo no labirinto e tenho a certeza de não saberei voltar sozinha à recepção. E, mais uma vez, me sinto feliz.
Do mar, por enquanto, só o ouço o barulho ora distante, ora mais próximo.

Sala de estar da suíte Admiral no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Sala de estar da suíte Admiral no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Chego à suite Admiral. Uma das melhores e maiores deste ícone da hotelaria. Ao abrir a porta principal, uma mensagem de boas vindas e uma garrafa de champanhe me esperam na enorme sala de estar com sacada debruçada para o mar. Começo a entender porque o Le Guanahani é tão querido pelos brasileiros.

Champanhe de boas vindas no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Champanhe de boas vindas no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

De um lado, vista para a praia de Grand Cul-de-Sac, de outro, vista, à distância, para o hotel Le Sereno. Imediatamente, o cansaço das horas de voo, de espera na conexão e da travessia de barco para chegar à St. Barth desaparece.

Um dos quartos da suíte Admiral no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Um dos quartos da suíte Admiral no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

A decoração contemporânea da elegante suíte é inspirada no icônico chapéu Panamá com toques locais em estilo colonial do Caribe. Fico encantada! A versatilidade e o talento do design e artista conceitual Luis Pons, um venezuelano radicado nos Estados Unidos, estão em todos os detalhes. Para chegar a este resultado simples e, ao mesmo tempo requintado, foram quatro anos de reforma que consumiram mais de US$ 40 milhões.

Um dos quartos na suíte Admiral no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Um dos quartos na suíte Admiral no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Quero ver todos os detalhes, mas a agenda não permite. Tenho horário marcado para conhecer o badalado Bartolomeo, o principal restaurante daqui. Em meio à natureza exuberante do Caribe, encontro um restaurante que surpreende pela excelência da gastronomia: produtos frescos, boa carta de vinhos e atendimento impecável. Minha dica é aproveitar para jantar, ao menos um dia, ao ar livre neste que, para mim, foi um dos melhores restaurantes de minha estadia em St. Barth.

Produtos frescos no menu do restaurante Bartolomeo no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Produtos frescos no menu do restaurante Bartolomeo no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Acordo com o barulho do mar. Sigo, renovada, para o café da manhã no restaurante Índigo. Menu com ovos preparados na hora, sucos frescos, frutas variadas, pães, chás, salmão defumado, geleias.  Tudo isso de frente para o mar de um azul caribenho que, confesso, me arrebatou. Agora sinto na alma porque o Le Guanahani é tão querido pelos turistas do Brasil.

Jornalista Adriana Reis no café da manhã no restaurante Indigo no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Jornalista Adriana Reis no café da manhã no restaurante Indigo no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Inaugurado em 1986, o Le #Guanahani chega à maturidade de seus  30 anos revigorado.

Para começar, é o único hotel da ilha a ter duas praias privativas. Você pode escolher entre a da baía de Grand Cul-de-Sac, com suas águas mansas, que e é ideal para banho e esportes aquáticos.

Esportes náuticos na praia privativa no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Esportes náuticos na praia privativa no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Ou ficar na praia Marechal com suas ondas, pedras e visual mais selvagem. Se gosta de windsurf, fly-board, snorkel, stand up paddle ou caiaque não precisa de preocupar. O hotel tem tudo à sua disposição.

Praia privativa Marechal no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Praia privativa Marechal no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Por aqui tamanho é documento sim… Espaço não falta. Para se ter uma ideia, o menor dos quartos tem 54 metros quadrados. No total, são 30 quartos, 27 suítes e dez suítes signature. Algumas possuem piscina ou jacuzzi. Máquinas de café expresso, wifi, minibar, toalhas de praia, repelentes, roupões, chinelos de borracha, sacola para praia, amenities Clarins são alguns dos mimos que encontro na minha suíte. O serviço de camareira é realizado duas vezes por dia e  a concierge Clef D´Or está à disposição para organizar o que quiser na ilha. Tudo com total privacidade. A sensação é que o hotel, que estava praticamente lotado durante minha estadia, era só para mim.

Piscina e jacuzzi no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Piscina e jacuzzi no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

O interessante é que o Le Guanahani surpreende diversos estilos de viajantes. Funciona para quem viaja sozinho, a dois, em família, com amigos ou com pessoas de idade. Há várias atividades que mudam de acordo com o dia da semana. Se não quiser ficar na praia, tem duas piscinas e uma jacuzzi à sua disposição. Gosta de malhar? Então, aqui sua série de exercícios pode ser feita na academia de frente para o mar. Quer apenas descansar ao sol? Então escolha uma espreguiçadeira diante do mar para deixar seus dias por inesquecíveis.

Toalha de praia no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Toalha de praia no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Prefere relaxar? Então por favor reserve logo na chegada uma massagem no spa by Clarins. Foi a melhor massagem que fiz em todas as minhas viagens. Imperdível! #Superrecomendo.

Amenities Clarins no hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Amenities Clarins no hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Agora eu sei porque o Le Guanahani, que integra o seleto time Leading Hotels of the World, foi eleito um dos melhores hotéis do Caribe pela Condé Nast Traveler’s 2015 Readers’ Choice Awards.  

Jornalista Adriana Reis na entrada do hotel Le Guanahani - St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis - ©oqvpm)
Jornalista Adriana Reis na entrada do hotel Le Guanahani – St. Barth, Caribe (Adriana Reis / Paulo Panayotis – ©oqvpm)

Luxo, conforto e elegância com um clima casual descontraído. Garanto: assim como eu, você não vai querer ir embora. #ameiequerovoltar . Duvida? Então desafio você a comprovar porque o Le Guanahani foi e é o eleito e o queridinho dos turistas brasileiros.

Quer saber mais sobre St. Barth e planejar sua viagem para lá? É só acessar: https://goo.gl/MHLWKe

*Jornalista viajou a convite do Escritório de Turismo de Saint-Barthélemy, representado no Brasil pela CC Hotels,  com seguro viagem Travel Ace e se hospedou no Le Guanahani, representado no Brasil pela X-Mart Consultoria & Marketing.

 

Dicas da Dri

  • Não deixe de informar seus horários de chegada e partida para que o motorista do hotel possa buscar você.
  • Reserve uma das noites para jantar no restaurante Bartolomeo.
  • A massagem no spa Clarins foi uma das melhores que já fiz. Não deixe de reservar um horário logo que chegar. Você não vai se arrepender.

Serviço

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here